Sobre o autor


Thadeu de Sousa Brandão

Sociólogo, Mestre e Doutor em Ciências Sociais pela UFRN. Professor Adjunto de Sociologia da UFERSA e do Mestrado Acadêmico Interdisciplinar em "Cognição, Tecnologias e Instituições" (CCSAH/UFERSA) - (Nota 4 CAPES). Líder do grupo de Pesquisa "Observatório da Violência do RN". Autor de "Atrás das Grades: habitus e interação social no sistema prisional", "A Senhora do Sertão: a Festa de Sant'Ana de Caicó" e co-autor de "Rastros de Pólvora: Metadados 2015" e de "Observatório Potiguar 2016: Mapa da Violência do RN". Apresentador do Programa Observador Político da TV Mossoró e 93FM. Colunista do Jornal O Mossoroense.

Política, Sociologia, Ciência, Cultura e Filosofia. Blog criado em 22 de Outubro de 2012 e organizado por Thadeu de Sousa Brandão.

Siga nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/profthadeubrandao/

Contato, críticas, sugestões e artigos: thadeubrandao@bol.com.br

sábado, 5 de novembro de 2016

O RN sangra

BOLETIM OBVIO ED  04 NOV 2016 COM DADOS DE OUTUBRO

O 4º Boletim do OBVIO traz o otimismo de pessoas empenhadas na argumentação científica e na busca por dados céleres juntamente com a tristeza de consolidar mais 182 vítimas de CVLIs em outubro deste ano de 2016, tornando-o o mês mais violento dos últimos anos.

2016-11-04 (1)“O RN Sangra” – Essa é a exclamação dos norte-rio-grandenses e da população brasileira diante da calamidade da insegurança estabelecida no solo potiguar.

Nesse quarto boletim do OBVIO – Observatório da Violência Letal Intencional do RN, Grupo de Pesquisa da Universidade Federal Rural do Semi-Àrido (UFERSA), cadastrado no CNPQ, agora contando com um Núcleo de Pesquisa da Violência na Universidade Potiguar, trazemos o otimismo de pessoas empenhadas na argumentação científica e na busca por dados céleres e a tristeza de consolidar mais 182 vítimas de Condutas Violentas Letais Intencionais (CVLIs) no mês de outubro deste ano de 2016, sem deixar de comparar criteriosamente com o mesmo período de 2014 e 2015 para gerar meios claros e objetivos para o entendimento da violência homicida no estado.

[caption id="attachment_10309" align="alignleft" width="285"]2016-11-04 Clique na capa para acessar o boletim.[/caption]

O mergulho na sangria dos jovens do Rio Grande do Norte, conduziu o OBVIO a um estudo que poderia ser indicativo para adoção de medidas práticas imediatas a serem adotadas com possibilidades de resultados positivos, bem como desenha em seus gráficos, de forma cristalina, o quadro da realidade do estado, de fato e de forma real, mostrando onde se deveria implementar ações para a efetiva redução das condutas violentas letais intencionais.
No geral, o OBVIO aponta, com clareza, que não basta a sociedade pedir mais policiais nas ruas, enfrentamento nu e cru. Revela que é preciso que esta mesma sociedade participe, seja a condutora das políticas públicas para fortalecer a família, as instituições, as religiões, as polícias de ação ostensiva e a judiciária, bem como o Ministério Público e o Poder Judiciário, assim como também sistema prisional. Ou atua em cadeia, atingindo todos estes setores, ou o estado vai continuar assistindo a sangria, como estamos assistindo.
Aos nossos parceiros, colaboradores e incentivadores, fica a nossa gratidão, e ao povo do RN, a nossa certeza do trabalho continuado, para que não vejamos outros meses vermelhos de sangue como foi esse outubro potiguar.

Cezar Alves de Lima Coordenador de Imprensa do OBVIO
_______________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário